Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A Revista de Direito Internacional (RDI) foi criada como instrumento de vinculação de trabalhos acadêmicos relacionados a temáticas tratadas pelo Direito Internacional Público e Privado e possui avaliação Qualis A1. Na busca pelo desenvolvimento e construção de visões críticas a respeito do Direito Internacional, a RDI possui sua linha editorial dividida em dois eixos:

1. Proteção internacional da pessoa humana: abrange questões referentes ao direito internacional ambiental, direito humanitário, internacionalização do direito, além de pesquisas sobre a evolução do direito dos tratados como forma de expansão do direito internacional contemporâneo.

2. Direito Internacional Econômico: abrange questões referentes aos sistemas regionais de integração, direito internacional econômico e financeiro e solução de controvérsias comerciais e financeiras.

Números temáticos:

Os números da revista serão temáticos. Objetiva-se aumentar o interesse pelo periódico e seu impacto na área.

Pedimos desculpas aos autores, mas os artigos fora das áreas temáticas não serão aceitos ou deverão esperar os números sobre temas relacionados para serem publicados.

Focus

The Brazilian Journal of International Law (RDI) was created as a tool for select and publish academic papers related to issues addressed by public and private international law. The Journal has a good ranking according with the Brazilian system (Qualis A1).

In the quest for development and construction of critical views about international law, the Brazilian Journal of International Law has two main focus:

1. International protection of the human person: covers issues related to international environmental law, humanitarian law, internationalization of law, in addition to research on the evolution of the law of treaties as a way of expanding the contemporary international law.

2. System of legal integration: regional integration (European Union, Mercorsur, NAFTA, ASEAN), sectoral integration (WTO, ICSID), and others.

Thematic issues:

We intend to publish thematic issues. It aims to increase interest in the journal and its impact on the area.

We apologize to the authors, but articles on other subjects will not be accepted or should expect the numbers on topics related to being appreciated.

 

Políticas de Seção

Artigos

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Crônicas

Resumos de decisões relevantes em direito internacional.

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Outros artigos

Artigos que não são da temática específica do número da revista.

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê temático: direito internacional econômico

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Outros artigos

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Edição completa

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Direito Internacional e Biodiversidade

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê especial: Direito Alimentar e Combate à Fome

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê especial : arbitragem e direito internacional

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Direito Transnacional

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Direito Transnacional

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê temático: Direito Transnacional

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê temático: Direito Transnacional

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê Temático: Direito Internacional dos Investimentos / International Investment Law

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenhas

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigos sobre outros temas

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Exclusions and its Critics: Southern Narratives of International Law

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Global Environmental Law

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Editorial

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

História do Direito Internacional / History of International Law

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Direito Comparado

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Direito Comparado

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê especial : direito ambiental

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

O processo de avaliação dos artigos e resenhas compreende duas fases: a primeira destinada à análise da adequação do trabalho à linha editorial da revista (Comissão Editorial) e a segunda referente à avaliação do conteúdo e qualidade dos trabalhos. Esta segunda fase é realizada mediante o processo de avaliação pelos pares, ou seja, os artigos serão submetidos à aprovação de no mínimo 2 pareceristas ad hoc.

Os artigos serão enviados para a avaliação sem a identificação de autoria.

Ao menos 75% dos avaliadores são externos ao Distrito Federal. O prazo para resposta é de até 15 dias, sob pena de não pagamento do avaliador. Em geral, os avaliadores cumprem seus prazos, o que garante respostas rápidas aos autores. No entanto, às vezes, um artigo precisa ser enviado a vários avaliadores, como quando não há respostas ou há divergências.

Peer Review Policy

The process of evaluating articles and reviews comprises two phases. First aimed at analyzing the suitability of the work to the editorial line (Editorial Board). The second on evaluation of the content and quality of work. This second phase is performed by the peer review process, that is, articles will be submitted for approval at least two independent reviewers, following a Double blind review. In other words, papers will be sent for evaluation without the author identifying himself or herself and authors would not be able to identify reviewers.

At least, 75% of evaluators are based on otther states. Reviewers have 15 days to answer, in order to be paid. Normally, authors will have an answer in a few days, but sometimes, it is needed to send the paper to various reviewers, and the final answer will take longer.

 

Periodicidade

A Revista de Direito Internacional é uma publicação organizada pelo Programa de Mestrado e Doutorado em Direito do Uniceub. Seu objetivo é a divulgação de pesquisas que procurem pensar o direito internacional a partir de sua inserção no mundo contemporâneo. A revista publica artigos e resenhas inéditos e pretende contribuir para a partilha de experiências e de idéias tornando-se, assim, uma publicação especializada sobre temas que focalizam o estudo do Direito Internacional Público e Privado.

Periodicidade: Quadrimestral (A partir de 2016)
Circulação: acesso aberto e gratuito

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

Declaração sobre ética e más práticas de publicação

Com vista a garantir a honestidade e a integridade acadêmica, a Revista de Direito Internacional (RDI) segue o Código de Conduta e Diretrizes de melhores práticas para Editores de Revistas elaborado pelo Comitê de ética em publicações (Committee on Publication Ethics, COPE 2011). O compromisso de assegurar as boas práticas éticas e deontológicas deve ser assumido por toda a equipe editorial, autores e avaliadores.

Portanto, conforme as recomendações estabelecidas pelo Comitê de ética em publicações, cada uma das partes envolvidas no processo de avaliação e publicação dos artigos propostos deve, no mínimo, comprometer-se com o seguinte:

Deveres dos Editores:

• Se responsabilizar pelo conteúdo da Revista como um todo;
• Esforçar-se para conhecer os interesses dos leitores, autores e membros do Conselho Editorial, assim como mantê-los sempre informados sobre os objetivos e políticas editoriais da revista;
• Fazer uma avaliação das propostas de artigos com base exclusivamente no mérito acadêmico, desconsiderando a natureza dos autores e de sua instituição, incluindo raça, gênero orientação sexual, crença religiosa, origem étnica, cidadania ou filosofia política dos autores.
• Não utilizar informação não publicada para a investigação própria sem o consentimento expresso do autor;
• Assegurar a existência de um processo de avaliação científica justo, imparcial e em tempo útil, bem como a transparência nos processos de edição e publicação dos manuscritos;
• Identificar e relatar casos de possível plagiarismo ou publicação duplicada
• Garantir a confidencialidade dos manuscritos;
• Melhorar constantemente a revista;

Deveres dos Autores:

• Apresentar artigos com uma discussão objetiva, resultante de importante trabalho de pesquisa. Um artigo deve conter detalhes e referências suficientes para permitir que outros repliquem o trabalho. Qualquer forma de plágio, afirmações fraudulentas ou conhecidamente inexatas constituem comportamento antiético e são inaceitáveis.
• Não submeter o mesmo manuscrito a mais de uma revista;
• Garantir que o trabalho submetido é original e não foi publicado em outro lugar, em qualquer língua, e que os autores utilizaram o trabalho e/ou palavras de outros, citando de forma apropriada.
• Seguir as leis e convenções de direito autoral. Material protegido por direito autoral (ex: Tabelas, figuras ou citações extensivas) deve ser reproduzido apenas com permissão apropriada e reconhecimento.
• Em caso de trabalhos em co-autoria, deve ser garantido o consenso na aprovação da versão final do manuscrito para avaliação ou publicação;
• Quando um autor descobre um erro ou imprecisão significativa em seu próprio trabalho publicado, é de sua obrigação notificar imediatamente a Equipe Editorial da revista e colaborar com eles para retratar ou corrigir o artigo.

Deveres dos Avaliadores:

• Auxiliar o editor na tomada de decisões editoriais;
• Garantir a confidencialidade durante o processo de avaliação por pares (peer review);
• Manifestar a existência de conflito de interesses ou impossibilidade de avaliação;
• Chamar à atenção do editor qualquer similaridade ou coincidência substancial entre o manuscrito em consideração, e qualquer outro artigo publicado, do qual tenha conhecimento pessoal.
• Elaborar pareceres sem críticas pessoais ao autor. Os avaliadores devem expressar claramente suas perspectivas, com argumentos.
• Não utilizar para benefício próprio as ideias obtidas através do processo de avaliação;
• A recomendação de aceitar ou rejeitar um artigo deve ser baseada na sua importância, originalidade e clareza, assim como na validade do estudo e no seu enquadramento no escopo da revista;
• A avaliação deve ser objetiva e as recomendações devem ser suportadas em argumentos sólidos para que os autores possam melhorar o texto. Devem ser recomendadas publicações relevantes quando estas não são citadas;
• Quando o manuscrito não se enquadra na sua área de investigação ou quando sabe que não consegue cumprir o prazo, deve informar os editores;
• Respeitar os prazos estabelecidos.

Para maiores informações sobre todos os deveres aplicados vide o documento abaixo:

Committee on Publication Ethics (COPE). (2011, March 7). Code of Conduct and Best-Practice Guidelines for Journal Editors. Retrieved from:

http://publicationethics.org/files/Code_of_conduct_for_journal_editors_Mar11.pdf

 


Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia