A aspiração do Brasil ao assento permanente no Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas: um breve panorama - doi:10.5102/uri.v7i2.1044

Renata de Melo Rosa, Ana Carolina Gomes Lira Linhares

Resumo


Este artigo tem como objetivo analisar a posição do Brasil frente à aspiração de um assento permanente ao Conselho de Segurança das Nações Unidas. Os esforços entabulados pelo Brasil no cenário internacional, os discursos do 1º. Escalão do governo, bem como um protagonismo mais acelerado frente aos vizinhos latino-americanos confirmam esta aspiração. Contudo, o Brasil ainda enfrenta sérios problemas internos de segurança nacional e terá de enfrentar outros parceiros regionais também, aspirantes à vaga de membro permanente no Conselho de Segurança da ONU, como o Canadá, por exemplo. A ocupação da vaga de membro temporário no biênio de 2010-2011 também é um dos fatores analisados neste trabalho.

Palavras-chave


Brasil; Conselho de Segurança. Nações Unidas. Assento Permanente

Texto completo:

Texto Completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/uri.v7i2.1044

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1807-2135 (impresso) - ISSN 1982-0720 (on-line) - e-mail: universitas.rel@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia